quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Dívida Pública como %% do PIB - vários países

Para se ter ideia da situação em Portugal, comparativamente a outros países, podemos espreitar este site:


Como é evidente, não me responsbilizo pelo números aí revelados. Mas poderão dar uma ideia aproximada da situação global.

Até breve!

quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Execução Orçamental - AGO/2014

Os dados mensais, comparados com os do ano passado:

Receita Total : 26585.7M€ ( + 1376.6M€ ; + 5.5% )
Das quais :
Receitas fiscais : 23769.0M€ ( + 1702.7M€ ; + 7.7%)
IRS : 8240.0€ ( + 873.3M€ ; + 11.9%)
IRC : 2499.7€ ( - 108.3M€ ; - 4.2%)
IVA : 9230.3€ ( + 679.8M€ ; + 8.0%)
ISP : 1380.1€ ( + 3M€ ; + 0.2%)

Despesa Total : 32262.2M€ ( + 1025.8M€ ; + 3.3%)
Despesa Corrente Primária : 27808.3€ ( + 572.0M€ ; + 2.1%)
Despesa de Capital : 792.7€ ( - 162.5M€ ; - 17.0%)

Saldo : -5676.2M€ ( + 350.8M€ ; -5.8% ; aprox. -3.5% PIB previsto em 2014 )

Com os dados de uma soma móvel de 12 meses, para atenuar fatores extraordinários que possam desvirtuar um pouco os dados mês-a-mês, os números que considero relevantes, relativamente aos últimos 12 meses terminados em AGO2014 comparados com os dos últimos 12 meses terminados em AGO2013:
  • Receita fiscal :  +4603M€ ; + 13.8%  (crescimento alto, ainda)
  • Despesa corrente primária : + 575M€ ; + 1.4% (ainda a sofrer pelo subsídio de férias?)
  • Saldo primário : + 3352M€; (maioritariamente devido ao grande aumento da receita fiscal)
  • Juros : + 661M€ ; + 10.0% (a dívida está a aumentar a um ritmo idêntico ao de há 12 meses, os juros pesam e muito. Em outubro de 2013, foram pagos 1856M€ de juros. Este é um mês chave, pela quantidade de obrigações que vencem juros nesse mês)
Curiosidades
  1. os juros CoCo bonds renderam 228.8M€ este ano, até final de agosto,
  2. as multas do código da estrada renderam 43.3M€ (-16% que nos primeiros 8 meses de 2013)
  3. Variação das despesas com pessoal : + 8.9% ( + 510M€ )
  4. Variação das despesas juros : + 11.3% ( + 454M€ )
Até breve!

Dívida Pública Portuguesa - AGO/2014

Dívida Pública Portuguesa total (AGO/2014) : 216.696.817.030


A dívida teve a seguinte variação média diária nos períodos indicados: 

2014 : + 25.349.005€ (últimos 12 meses terminados em AGO/2014)
2013 : + 26.667.217€
2012 : + 53.616.271€
2011 : + 63.331.160€
2010 : + 52.132.112€

2009 : + 39.133.457€

Este mês a dívida aumentou cerca de 925M€, cifrando-se em 216.696.817.030€

Comentários:

1. nos últimos 12 meses, os certificados de aforro e tesouro foram responsáveis por cerca de 41% do aumento da dívida, o que significa que uma parte substancial da dívida é poupança interna.

2. 7.0% do total da dívida é detida, diretamente, por particulares (5.5% há um ano). Este valor tem aumentado e é um bom sinal do lado da poupança. Por outro lado, parte destes valores vieram, certamente, do BES e de outras instituições. Só este mês, 60% do aumento da dívida foi subscrita por particulares, via certificados de aforro e do tesouro.

Tal como foi escrito num post anterior : Agosto é um mês calmo no pagamento de juros e amortizações, por isso deveremos observar uma certa estabilidade na dívida relativamente a estes dados.

Confirmou-se.

Relativamente a Setembro, acredito que poderá haver uma ligeira diminuição da dívida, em virtude de não haver pagamento de juros em obrigações. Há bilhetes do tesouro para rolar mas isso tem sido feito sem grandes percalços. São cerca de 2470M€, que estarão completamente assegurados. Uma almofada de 1000M€ foi também adicionada em vésperas desta amortização.

Até breve!

quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Teste de mestrado sobre o tema

Encontrei agora esta tese de mestrado.

Não li, mas pode ter interesse para quem segue o blog e gosta do tema.

Jorge Daniel Dias Portugal

Dívida Pública Portuguesa – Análise Dinâmica e Comparativa

terça-feira, 26 de Agosto de 2014

Execução orçamental JUL/2014 - comentários

O saldo orçamental descarrilou completamente no meses de junho e julho.

Coincidência, ou não, logo após a saída da troika.

Foram principalmente os itens seguintes a contribuirem para isto:

  1. Despesas com pessoal : + 470 M€
  2. Juros : + 558 M€
  3. Outras transferências : + 700 M€
Do outro lado, observam-se diminuições em
  1. Aquisição de bens e serviços : - 30 M€
  2. Outras despesas correntes : - 165 M€
  3. Subsídios : - 53M€
Do lado da receita : + 735 M€

Ou seja, as despesas correntes estão por controlar apesar do comportamento exemplar nas receitas.

Até breve!

Execução orçamental JUL/2014

Os dados mensais, comparados com os do ano passado:

Receita Total : 22381.8M€ ( + 392.2M€ ; + 1.8% )
Das quais :
Receitas fiscais : 19898.6M€ ( + 749.7M€ ; + 3.9%)
IRS : 6186.8€ ( + 361.9M€ ; + 6.2%)
IRC : 2730.8€ ( - 268.1M€ ; - 8.9%)
IVA : 7680.3€ ( + 404.3M€ ; 5.6%)
ISP : 1188.8€ (-3M€ ; -0.3%)

Despesa Total : 29024M€ ( + 1337.9M€ ; + 4.8%)
Despesa Corrente Primária : 24765.3€ ( + 780.1M€ ; 3.3%)
Despesa de Capital : 737.9€ ( - 141.5M€ ; - 16.1%)

Saldo : -6642.2M€ ( - 945.7M€ ; -16.6% ; aprox. -4% PIB previsto em 2014 )

A fotografia às contas piorou, e muito, com o dobrar do semestre...

Com os dados de uma soma móvel de 12 meses, para atenuar fatores extraordinários que possam desvirtuar um pouco os dados mês-a-mês, os números que considero relevantes, relativamente aos últimos 12 meses terminados em JUL2014 comparados com os dos últimos 12 meses terminados em JUL2013:
  • Receita fiscal :  +3.591M€ ; + 10.7%  (o crescimento entra em abrandamento, à espera que as despesas desçam...)
  • Despesa corrente primária : + 153M€ ; + 0.4% (sofreu com a reposição do subsídio de férias em 2014)
  • Saldo primário : - 2.744M€; (uma diminuição feita muito à conta do aumento de impostos...)
  • Juros : + 765M€ ; +11.5% (a dívida está a aumentar a um ritmo idêntico ao de há 12 meses, os juros pesam e muito)
Duas curiosidades
  1. os juros CoCo bonds renderam 205.2M€ este ano, até final de julho,
  2. as multas do código da estrada renderam 36.1M€ (-18% que nos primeiros 7 meses de 2013)
  3. Variação das despesas com pessoal : + 9.3% ( + 470M€ )
  4. Variação das despesas juros : + 15.1% ( + 557M€ )

Aparentemente, com a reposição dos subsídios e com o aumento da dívida, as contas descarrilaram...

Até breve!

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

Dívida Pública Portuguesa - JUL/2014

Dívida Pública Portuguesa total (JUL/2014) : 215.770.955.074


A dívida teve a seguinte variação média diária nos períodos indicados: 

2014 : + 27.612.210€ (últimos 12 meses terminados em JUL/2014)
2013 : + 26.667.217€
2012 : + 53.616.271€
2011 : + 63.331.160€
2010 : + 52.132.112€

2009 : + 39.133.457€

Este mês a dívida aumentou cerca de 2.869M€, cifrando-se em 217.760.955.074€

Comentários:

1. nos últimos 12 meses, os certificados de aforro e tesouro foram responsáveis por cerca de 34% do aumento da dívida, o que significa que uma parte substancial da dívida é poupança interna.

2. 6.8% do total da dívida é detida, diretamente, por particulares. Este valor tem aumentado e é um bom sinal do lado da poupança. Por outro lado, parte destes valores estão, certamente, a vir da banca por sentimento de insegurança. No mês que vem, deverá haver aqui algum reforço desta ideia.

3. A velocidade do aumento da dívida está a reduzir-se. O enorme volume de juros pagos está a penalizar esta tentativa de redução.

4. Agosto é um mês calmo no pagamento de juros e amortizações, por isso deveremos observar uma certa estabilidade na dívida relativamente a estes dados.

Até breve!